FutebolGaúcho.com - Aguerrido e Bravo: Maio 2010

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Empate no Estrelão

Cruzeiro e Brasil de Farroupilha empataram em 2 x 2, em jogo realizado hoje, as 15 horas, no Estádio Estrelão.

Com o resultado, o Cruzeiro segue líder isolado da chave 7, com 7 pontos. O Brasil-Fa é o vice lider, com 4 pontos em 3 jogos, mas pode perder a posição para o Guarany de Bagé, que recebe logo mais, as 19 horas, a equipe do Riograndense, que ainda não pontuou na 3ª fase da competição.

São Paulo x Passo Fundo, as 20:00, completam a 3ª rodada da 3ª fase.

Brasil encara o líder nesta quinta

Segundo na chave, com 3 pontos conquistados, o Brasil encara o líder, Cruzeiro, em porto Alegre, na tarde desta quinta-feira, pelo quadrangular Semifinal da Segundona Gaúcha. A partida começa às 15, no Estádio Estrelão.

Após a derrota diante o Guarany, em Bagé, o Brasil teve tempo apenas para realizar um treinamento mais forte visando o jogo. O técnico André Luis prepara um sistema cauteloso para o jogo, na medida em que nos últimos três confrontos no Estrelão o Brasil não obteve êxito, sendo derrotado nas três oportunidades.

A equipe ainda segue indefinida para o confronto. O zagueiro Rafael Lopes e o volante Tiago Rocha, lesionados, são dúvidas para o jogo. Por outro lado, o ala Russo retorna de suspensão e o zagueiro Ricardo volta de lesão. Assim, a equipe será definida somente momentos antes da partida.

O técnico André Luis acredita que o Cruzeiro é uma equipe muito difícil de ser batida em seus domínios, mas ressalta a importância da marcação para tentar suplantar o adversário. “É o jogo que vai definir a nossa situação. Precisamos somar ponto. Temos que nos preocupar muito com o Cruzeiro, tanto nas situações de velocidade, como na qualidade individual dos atletas. Eles têm muita qualidade, mas também precisamos jogar.”

O Brasil treinou na tarde desta quarta-feira e já viajou para a capital, onde permanece em concentração para o jogo de quinta.

Resultados da 3ª rodada da 3ª Fase

Jogo de Quarta-Feira (19 de maio)

Rio Grande
0 x 2 Lajeadense
Gols: Robert (6 do 1º)
Lucas (39 do 2º)

Pacotão de reforços no Xavante

O período de espera da torcida Xavante, que estava ansiosa querendo saber quem seriam os novos guerreiros do time rubro-negro, foi recompensado na tarde desta quarta-feira com o anúncio de um verdadeiro ‘pacotão’ de reforços. Com os contratos assinados e em mãos, a diretoria do Brasil revelou o nome de seis atletas que farão parte da caminhada Xavante em busca do acesso no Campeonato Brasileiro da Série C.

Entre os jogadores, dois já são conhecidos na Baixada, casos do zagueiro Renato, que atuou no Brasil em 2006, e do volante Ramos, que disputou a Série C e a Copa Arthur Dallegrave pelo Xavante no ano passado. Além deles, passam a fazer parte do elenco rubro-negro o lateral-direito Raulen e o goleiro Luis Müller, que se destacaram no Gauchão deste ano Veranópolis, o lateral-esquerdo Betão, que estava no São José/SP e o meia Sidnei, que tem passagens por clubes como Fortaleza, Criciúma e Atlético Mineiro. Estes dois últimos foram indicados pelo técnico Fahel Júnior.

- - O Betão trabalhou comigo no Santo André, no acesso da Série A2 para a Série A1 e na campanha da Série B do Brasileirão de 2007, é um jogador de força e velocidade. O Sidnei é um atleta que jogou em equipes grandes do futebol brasileiro, é um meia-atacante que chega com facilidade ao gol, um carregador de bola – destacou Fahel.

Até o fim da semana a diretoria do Brasil pretende anunciar ainda mais reforços. A apresentação oficial de todo o elenco está agendada para o dia 27 deste mês. Já a estreia Xavante na competição nacional será no dia 17 de julho, contra o Caxias, na Baixada.


CONFIRA AS FICHAS DOS NOVOS ATLETAS XAVANTES

LUIZ MÜLLER
Nome: Luiz Carlos Müller
Posição: goleiro
Nascimento: 05/09/81 (Feliz/RS)
Estatura: 1,98m
Principais clubes da carreira: Internacional/RS, Paysandu/PA e Vila-Nova/GO
Último clube: Veranópolis/RS

RENATO
Nome: Renato Garcia Martins
Posição: zagueiro
Nascimento: 31/08/81 (Dom Pedrito/RS)
Estatura: 1,83m
Principais clubes da carreira: Guaratinguetá/SP, Ipatinga/MG e Figueirense/SC
Último clube: Porto Alegre/RS

RAULEN
Nome: Raulen Luiz de Araujo
Posição: lateral-direito
Nascimento: 19/09/83 (Guarulhos/SP)
Estatura: 1,77m
Principais clubes da carreira: Atlético/PR, Santo André/SP e Juventude/RS
Último clube: Veranópolis/RS

BETÃO
Nome: Uebert dos Santos Fonseca
Posição: lateral-esquerdo
Nascimento: 18/11/84 (Sete Lagoas/MG)
Estatura: 1,76m
Principais clubes da carreira: Ituiutaba/MG, Santo André/SP e Botafogo/SP
Último clube: São José/SP

RAMOS
Nome: Irvison Guerbson Ramos Oliveira
Posição: volante
Nascimento: 25/04/85 (Campo Grande/PB)
Estatura: 1,88m
Principais clubes da carreira: Esportivo/RS, Mogi Mirim/SP e América/MG
Último clube: América/MG

SIDNEI
Nome: Sidnei Siqueira Lourenço
Posição: meia-atacante
Nascimento: 29/06/83 (Santa Cruz do Rio Pardo/SP)
Estatura: 1,74m
Principais clubes da carreira: Atlético/MG, Portuguesa/SP e Criciúma/SC
Último clube: Fortaleza/CE

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Resultados da 1ª rodada da 3ª Fase

Jogos de Quarta-Feira (12 de maio)

Brasil-Fa
1 x 0 Riograndense
Gol: Fabinho (22 do 1º)

Passo Fundo 1 x 1 Rio Grande
Gols: Adão (6 do 1º)
Daniel Quevedo (43 do 2º)

São Paulo 0 x 2 Lajeadense
Gols: Robert (4 do 1º)
Celsinho (6 do 2º)

Leco não é mais técnico do São Paulo


Paulo Afonso Coelho, o Leco, não resistiu à derrota por 2 a 0 em casa para o Lajeadense na noite de quarta-feira (12) e não é mais técnico do São Paulo. A decisão foi tomada pelos dirigentes do clube ainda na madrugada.

O Leão agora está procurando os nomes para seu lugar. Quatro profissionais foram ventilados: Badico (que estava no Bagé), Marco Octávio (do 14 de Julho), Bebeto Rosa (um dos mais citados pelos torcedores)(foto) e Beto Campos (que treinou o Pelotas na Segunda Divisão em 2009).

terça-feira, 11 de maio de 2010

Definida a 3ª Fase da Segundona Gaúcha

A FEDERAÇÃO GAÚCHA DE FUTEBOL, através de seu DEPARTAMENTO DE FUTEBOL PROFISSIONAL, divulgou neste domingo, a composição das chaves da 3ª FASE do CAMPEONATO GAÚCHO da 2ª DIVISÃO 2010 e também a PRIMEIRA RODADA do 1º TURNO desta fase da competição.

Abaixo segue a formação das chaves:

CHAVE 7
RIOGRANDENSE (1º da CHAVE 5)
GUARANY-BAG (1º da CHAVE 4)
BRASIL-FAR (2º da CHAVE 6)
CRUZEIRO (2º MELHOR 3º COLOCADO)

CHAVE 8
LAJEADENSE (1º da CHAVE 6)
RIO GRANDE (2º da CHAVE 4)
PASSO FUNDO (2º da CHAVE 5)
SÃO PAULO (1º MELHOR 3º COLOCADO)

Abaixo segue a PRIMEIRA RODADA da 3º FASE da 2º DIVISÃO 2010:

CHAVE 7
QUARTA-FEIRA, 12.05, AS 20:30hs, CRUZEIRO x GUARANY-BAG
QUARTA-FEIRA, 12.05, AS 20:30hs, BRASIL-FAR x RIOGRANDENSE

CHAVE 8
QUARTA-FEIRA, 12.05, AS 20:30hs, SÃO PAULO x LAJEADENSE
QUARTA-FEIRA, 12.05, AS 20:30hs, PASSO FUNDO x RIO GRANDE

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Passo Fundo Vence e se Classifica

Esporte Clube Passo Fundo mostrou a força de um time que tem condições de chegar à Primeira Divisão do futebol do Rio Grande do Sul. O grupo passou pelas cobranças após os jogos em casa, que culminaram com a demissão do técnico Bebeto Rosa.
Paulo Henrique assumiu o cargo e mostrou ser pé quente. O tricolor ganhou neste domingo em Três Passos do TAC por 2x0. Os gols foram marcados no tempo inicial através de Zé Ânderson e Fabiano Diniz.
A classificação foi bastante comemorada por jogadores, comissão técnica e dirigentes. Três Passos e Panambi que também estavam no páreo acabaram eliminados.
As chaves da terceira fase ficaram assim constituídas:
- Chave 7: Guarany (Bagé), Riograndense (Santa Maria), Brasil (Farroupilha) e Cruzeiro (Porto Alegre).
- Chave 8: PASSO FUNDO, Lajeadense, São Paulo (Rio Grande) e Rio Grande.

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Segundona Gaúcha: Jogos da última rodada

Confira os jogos da última rodada da 2ª Fase da segundona gaúcha:


Domingo- 09/Maio
15:30

São Paulo x 14 de Julho

Bagé x Guarany-Ca

Guarany-Ba x Rio Grande

Riograndense x Gaúcho

Panambi x Santo Ângelo

Três Passos x Passo Fundo

Cruzeiro x Aimoré

Cerâmica x Brasil-Fa

Guarany perde e decide vaga em casa


Ontem, em Camaquã, o Guarany perdeu para o seu homônimo daquela cidade, por 1x0, e ficou na obrigação de decidir em casa, no domingo, contra o Rio Grande, a vaga para a terceira fase da Série B. Antes do jogo de ontem, durante o aquecimento, o alvirrubro perdeu o zagueiro Bicudo, lesionado.

A equipe camaquense tomou a iniciativa das ações, partindo para o ataque e, aos 11 minutos, fez 1x0 por Fábio, de cabeça, após cruzamento de Alex Silveira. O time bajeense, que estava com marcação bastante reforçada, tentou o empate e chegou a ameaçar, em duas oportunidades, a meta de André Zuba, numa delas com a bola batendo no corpo de um próprio alvirrubro, Leandro Kivel, quando o goleiro já estava vencido. No segundo tempo, a atuação do goleiro Goico impediu que os camaqüenses ampliassem o escore, mas o time de Osvaldo reagiu no final e exigiu muito do adversário. Para o jogo de domingo, o Guarany deve ter a volta de Eduardo Lence, Michel Souza e Leandro Magrão.

Equipes
******
GUARANY DE CAMAQUÃ (1)– André Zuba, Alex Silveira, Fábio, Valença e Márcio Silveira; Ademir, Rogerinho, Luciano Corrêa (Belmonte) e Ivan (Caçapava); Flaviano e Valdir (Sampaio). Treinador: Geraldo Dellamore.

GUARANY (0)– Goico, Ilson, Darzoni (Marcelo Castro) e Raul; Vando, Tiago Coelho, William (Jimmy) Edinho e Carlinhos; Leandro Kivel e Fabrício Diel (Sanderlei).
Treinador: Osvaldo Moacir Rolim.

Arbitragem de Fabrício Neves Corrêa, com os assistentes Renata Schaeffer e Carlos Henrique Selbach.

Empate elimina Bagé


Ontem à tarde, em Livramento, diante do 14 de Julho, somente a vitória interessava ao Bagé para continuar vivo na Série B. Mas os jalde-negros, que abriram o escore, acabaram permitindo a virada do adversário e, já nos acréscimos, chegaram aos 2x2, ficando sem qualquer chance de classificação. Domingo, no “Pedra Moura”, o time, apenas para cumprir carnê, enfrenta o Guarany de Camaquã, este ainda lutando por uma vaga na terceira fase.

Nos minutos iniciais, o Bagé perdeu Alex Pereira, lesionado, entrando Evandro Salermo. Depois do 14 de Julho criar duas boas chances de gol, foi o Bagé que abriu no escore aos 15 minutos, por Fabinho Natal, após lançamento do próprio Salermo. O jogo estava equilibrado quando, aos 45 minutos, o árbitro marcou pênalti a favor do time santanense. Enzo (que havia errado uma penalidade máxima diante do Rio Grande) acabou chutando na trave. Na etapa final, o 14 intensificou a pressão e, aos 23 minutos, por Hilton, de cabeça, fez 1x1. Aos 30 minutos, em jogada bem concatenada, Cláudio Júnior desempatou para o “Leão da Fronteira”, que já comemorava a primeira vitória na segunda fase, quando, aos 48 minutos, Fabinho Natal estabeleceu o empate definitivo. E o Bagé quase desempatou na conclusão de Luciano Ritta, com enorme perigo para Max.

Equipes
*******
14 DE JULHO (2)– Max, Moisés, Mário, Gustavo e João Fernando; Alex, Jéferson, Flávio e Cláudio Júnior; Hilton e Enzo, entrando ao longo do jogo Michel.
Treinador: Rudnei Lucas.
BAGÉ (2)– Fernando Costa, Deivid, Tairone, Tiago Fernandes e Rodrigo (William, mais tarde Iuri); Ronaldo, Luciano Ritta, Dieisson e Alex Pereira (Evandro Salermo); Fabinho Natal e Castillo.
Treinador: Rinaldo Lopes Costa (Badico).

Arbitragem de Paulo Jassin Gutierrez, com os assistentes Vinícius Palau dos Santos e Tiago Lemes Classen.
Cartão vermelho para Gustavo do 14 de Julho.

TAC consegue grande vitória contra Santo Ângelo


Numa noite de futebol brilhante, o TAC venceu o Santo Ângelo e a arbitragem por 3 a 2, na capital das Missões. O TAC saiu perdendo. Wilian fez 1 a 0, aos 12 minutos, para a SER. Mas o TAC jogava bem e conseguiu chegar ao empate com Marcão, que havia falhado no gol da SER, aos 43 minutos. Nesta primeira etapa o árbitro Anderson Daronco deixou de marcar duas penalidades a favor do TAC.

No início do segundo tempo, no primeiro minuto, de cabeça, após cobrança de escanteio, Fabio Buda fez 2 a 1, em grande estilo. Mas a SER Santo Ângelo voltaria a empatar com Gustavo Papa, aos 9 minutos, quando Caçapa e Sidinei falharam.

Porém, o TAC, mesmo fora de seus domínios, continuava melhor, dominando o jogo. Aos 14 minutos, Cuia recebeu de Aldair e bateu forte para marcar o terceiro gol da equipe trêspassense.

Depois, o árbitro expulsaria Miro, erroneamente. Mesmo com 10 jogadores, a equipe trespassense foi heróica e venceu este jogo, continuando no páreo para se classificar à terceira fase.

Joga no domingo, dia 9, contra o Passo Fundo, no Estádio Luiz de Medeiros e certamente buscará com todas as forças uma vitória que, combinada com resultados paralelos pode classificar a equipe.

O Santo Angelo jogará com o Panambi, que venceu o Gaúcho em Marau por 2 x 1.

SER Santo Angelo de Sergio; Miranda(Roni), Carlão, Vidal, Guilhermo: Beto Souza(Altieri), Cristian Luca(Mateus), Wilian e Anderson Pico; Douglas e Gustavo Papa. Treinador: Bagé.

TAC de Tom; Sidinei, Miro(Expulso), Caçapa; Marcão, Aldair(Maycon), Rafael Pelézinho, Julio Cezar e Cuia(Fernando); Evandro Brito(Mário)e Fábio Buda. Treinador: Jeferson Câmara

Em Passo Fundo o Riograndense venceu por 2 a 0 o Passo Fundo.

Classificação: Chave 5

1º Riograndense 19;
2º Passo Fundo 14:
3º Panambi 13 +2;
4º TAC 13-2;
5º Santo Angelo 11;
6º Gaúcho 7;

Aimoré vence e continua vivo na competição

Aimoré e Cerâmica se enfrentaram na tarde desta quarta-feira (05) pela Segundona do Gauchão. O jogo foi realizado no Monumental Cristo Rei, em São Leopoldo, com um placar final de 4 a 2 para o índio capilé.

O Aimoré saiu na frente com Paulo Cesar que, aos nove minutos da segunda etapa, fez jogada pela direita e bateu para o gol, abrindo o marcador. O índio seguiu no ataque e, aos 28 minutos, em um cruzamento pela direita, Kelson meteu a cabeça e ampliou o placar, 2 a 0.

Apenas cinco minutos depois, em uma jogada rápida pela esquerda, Rodrigo Galvão chutou direto e marcou novamente para o time da casa, 3 a 0. O Cerâmica descontou logo depois em uma jogada Ale Menezes, que aproveitou uma bobeada da defesa do Aimoré.

Aos 40 minutos, Rogerinho chutou de fora da área, marcando o segundo do time de Gravataí, 3 a 2. O meia Tiago Selbach, menino da base aimoresista, fez bela jogada e bateu sem chances para o goleiro Diego, fechando o marcador em 4 a 2 para o índio.

O técnico Neizinho Delavi, do Aimoré, substituto de Abel Ribeiro nestas duas últimas rodadas, ressaltou que agora é a hora apenas de vencer e esquecer a matemática.

O Aimoré enfrenta o Cruzeiro em Porto Alegre às 15:30hs, neste domingo, no Parque Esportivo Di Primio Beck.

O Cerâmica enfrenta o Brasil-Fa no próximo domingo (09) em sua última participação na Segundona de 2010. O jogo acontece às 15h30 no estádio Vieirão, em Gravataí.

terça-feira, 4 de maio de 2010

Cleney Delavi é o novo técnico do Aimoré


O ex-meio campista do Aimoré na década de 1970, Cleney Delavi, o popular Neizinho, 60 anos, foi anunciado nesta segunda-feira como o novo treinador do índio. Delavi dirigirá o time leopoldense em suas duas últimas partidas na Segundona Gaúcha, nesta quarta-feira diante do Cerâmica, no Cristo Rei. E, no domingo contra o Cruzeiro, no Estrelão, em Porto Alegre. Neizinho trabalhava como auxiliar do presidente Sandro Borowski e assume no lugar de Abel Ribeiro, que deixou a equipe aimoresista para ser auxiliar do técnico Márcio Goiano, no Figueirense (SC).


Em sua carreira, Delavi foi treinador da categoria júnior do Aimoré nos anos de 1993, 1994 e 1995. Um ano depois, Neizinho dirigiu a equipe principal do índio na Série B do Gauchão. Em 1998, Cleney comandou durante 7 meses os times júnior e profissional do Brasil de Pelotas. Já, em 1999, o técnico atuou no comando do júnior e do juvenil do Astro, de Feira de Santana (BA).


O desafio de ser o novo treinador do Aimoré é encarado com muita responsabilidade por Neizinho. "Apesar de praticamente não termos mais chances de classificação, nosso objetivo é vencer os dois jogos que faltam para encerrarmos a competição com dignidade", disse.


Como atleta profissional, Neizinho iniciou nas categorias de base do Aimoré. Na década de 1970, foi meio-campo na equipe principal do Cristo Rei e mais tarde acabou se transferindo para o Blumenau (SC).


Fonte: Jornal NH

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Classico Passo Fundo x Gaúcho termina em Empate

Ocorreu na tarde deste sábado no Estádio Vermelhão da Serra o quarto clássico pela Segundona 2010 entre Esporte Clube Passo Fundo e Sport Club Gaúcho.
O placar final foi de 1x1, com movimentação do placar apenas no primeiro tempo. O Passo Fundo abriu o marcador com gol do artilheiro Adão, aproveitando um erro de posicionamento da defesa adversária. Não demorou muito para o Gaúcho chegar ao empate com Marcelo Bela, de cabeça, aproveitando o cruzamento de Wágner do lado esquerdo. O árbitro foi Fabrício Corrêa, de boa atuação, em jogo tranquilo, sem jogadas violentas e sem muitos cartões.
A Equipe Show de Bola 730 da Planalto AM escolheu como destaques do jogo o volante Baiano pelo lado tricolor e o goleiro Souza pelo time alviverde.
Na quarta-feira o Gaúcho jogará contra o Panambi (Estádio Carlos Renato Bebber) e o Passo Fundo diante do Riograndense (Vermelhão da Serra).


FONTE: Luiz Carlos Carvalho (Redação Planalto AM)